mundo perfeito

blogue do mundo perfeito - página principal em www.mundoperfeito.pt

9.4.08

Yesterday's Man em Beirute

O espectáculo YESTERDAY’S MAN vai ser apresentado no Festival Home Works IV, organizado pela associação Ashkal Alwan, em Beirute, Líbano. O espectáculo será apresentado no Teatro Masrah Al Madina, no próximo dia 14 de Abril, às 22 horas.

YESTERDAY’S MAN resulta do primeiro encontro artístico entre Tiago Rodrigues e o encenador, actor e autor libanês Rabih Mroué, a convite de Alkantara e no âmbito do projecto Sites of Imagination. A esta dupla juntaram-se o arquitecto e escritor libanês Tony Chakar e o cenógrafo e desenhador de luzes belga Thomas Walgrave. YESTERDAY’S MAN estreou em Girona e foi apresentado em Lisboa, Cagliari, Marselha e Liubliana. Em Maio será estreada uma versão portuguesa deste espectáculo, criado originalmente em inglês, que será apresentada no Espaço CApa, em Faro, e no Teatro da Politécnica, em Lisboa, inserido na programação do Alkantara Festival

Sinopse
Um português visita a cidade de Beirute ano após anos. Ele é várias pessoas que são sempre a mesma. Vários homens iguais que, ano após ano, percorrem o mesmo caminho, durante um dia, no centro de Beirute. A cidade vai mudando, vai-se metamorfoseando mercê da erosão do tempo e das convulsões da História. Este homem sempre igual acaba por viver dias diferentes, a cada visita. Os dias que a cidade mutante lhe permite viver. Este espectáculo parte da hipótese de que em cada cidade existe uma outra cidade subterrânea e por baixo dessa existe ainda uma outra cidade e assim sucessivamente, num infinito de cidades escondidas que o tempo vai revelando de forma imprevisível. Essas cidades subterrâneas são tanto o passado como o futuro, são tudo o que já não ou ainda não existe no presente.

Equipa
um espectáculo de Rabih Mroué, Tiago Rodrigues e Tony Chakar com Tiago Rodrigues cenário e desenho de luzesThomas Walgrave assistente Joelle Aoun
produção executiva Magda Bizarro
Uma produção Mundo Perfeito e Alkantara. Projecto financiado por DGA, Ministério da Cultura, com os apoios de Instituto Camões, Ashkal Alwan e Teatro Maria Matos.

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home